Como é uma consulta de Medicina Tradicional Chinesa?

Por Fernando Davino

Uma consulta de Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é igual a uma consulta da Medicina Moderna Ocidental (MMO)? O que esperar de uma primeira consulta com um médico de MTC?

Hospital da amizade Sino-Japonês em Pequim / China  – 中日友好医院

Na China, a grande maioria das consultas são feitas em hospitais. Um médico de Medicina Tradicional Chinesa, com formação universitária, só poderá abrir seu próprio consultório após anos de prática clínica em um ou mais hospitais, o que restringe muito o número de clínicas particulares no país. 

É bom esclarecer que na China há outras formações de médicos em MTC, além da formação universitária, que vem do período Imperial. São quatro as escolas tradicionais: 1) Escola dos religiosos: conhecimento e treinamento transmitido dentro de templos ou sociedades aos seus iniciados; 2) Escola familiar: conhecimento e treinamento passado de gerações a gerações, dentro de uma família, normalmente, ao filho mais velho do sexo masculino; 3) Escola das artes marciais: conhecimento e treinamento transmitido dentro das escolas militares e/ou de artes marciais; 4) Escola dos médicos e/ou acadêmicos: conhecimento e treinamento transmitido pelo ministério da saúde imperial em curso elementar a seus discípulos e que hoje organizou-se em formação universitária. Independente da escola, qualquer pessoa que prove sua formação dentro destes quatro modelos pode fazer a prova de titulação ou nivelação médica pelo governo chinês, prova essa chamada “prova de nivelação médica profissional” (执业医师资格考试= zhi ye yi shi zi ge kao shi). Apenas profissionais aprovados por esta prova é quem são habilitados a trabalhar regularmente em hospitais e clínicas na China. 

Rota para atendimento médico em um hospital na China

No pronto atendimento dos hospitais (门诊= men zhen) o processo de uma consulta se inicia com o registro de entrada (挂号= gua hao), onde seus dados são anexados ao sistema do hospital, neste momento você escolhe a especialidade médica e o médico para o tratamento, por fim o valor é dado e você escolhe a forma de pagamento. Feito o registro de entrada, deve-se seguir para o setor escolhido, se apresentar a uma enfermeira que organiza as filas e orienta os pacientes ou nos hospitais mais modernos seguir as telas de orientação, onde é informado a sala, o médico e a ordem cronológica dos pacientes. Ao entrar numa sala de consulta, antes mesmo de se sentar você já estará sendo avaliado pela observação atenta do profissional. O diagnóstico em MTC é feito através dos 4 tempos de exame: 1) observação; 2) inspeção (ausculta e olfação); 3) questionamento; 4) palpação. 

Na observação, é observado o aspecto geral do corpo, nesta fase analisa-se a vitalidade, a cor, o físico e a postura. Também é observado as partes específicas como cabeça e face, cinco órgãos do sentido (orelhas, olhos, lábios, nariz e língua), quatro membros, pele, excretas (fezes e urina no caso de pacientes hospitalizados) entre outras áreas mais específicas. Uma parte muito importante da observação é o diagnóstico da língua, que é um método diagnóstico bem diferenciado e específico da MTC.

Na ausculta, é escutado os sons da fala, da respiração, da tosse, do vômito, das eructações, soluço, borborigmos entre outros. Na olfação, é sentido o cheiro corpóreo, das excretas e do ambiente hospitalar, no caso de paciente internado.

No questionamento, é perguntado das condições gerais (nome, sexo, idade, profissão, cidade natal, endereço, telefone de contato), da queixa principal (o que mais incomoda, sinais, sintomas e o tempo), da história da doença atual (como aconteceu, desenvolvimento, alterações e tratamentos feitos), da história da doença passada, da história da vida pessoal e da história de doenças familiares.

Na palpação, é feito o exame de pressão e percussão muito parecido com o diagnóstico da Medicina Moderna Ocidental (MMO), uma outra parte da palpação muito importante é a palpação do pulso radial, que é um método assim como a observação da língua, muito característico da MTC.   

Após os quatro tempos de exame o profissional ainda pode solicitar exames laboratoriais ou de imagem para ampliar, respaldar e confirmar o diagnóstico, em caso de dúvida. Fechado o diagnóstico o médico tem dentro dos 5 pilares da Medicina Tradicional Chinesa (fitoterapia, acupuntura-moxabustão, massagem/manipulação, dietética e exercícios terapêuticos) um arsenal para combater os males do paciente. O mais comum nos hospitais chineses, cerca de 80% dos tratamentos, são os fitoterápicos chineses, que podem ser em forma de decócto (saquinhos com extrato líquido de ervas), cápsulas, glóbulos, xaropes, comprimidos, emplastos, injeções, grânulos e extrato seco. Esses fitoterápicos podem ser preparados e comprados dentro do próprio hospital ou em farmácias fora do hospital. Dentre os outros 20% se encontram técnicas da medicina externa como acupuntura-moxabustão.

Fitoterapia chinesa industrializada a venda no Brasil pela empresa Taimin

No Brasil a MTC ainda está muito recente e em processo de regulamentação, portanto ainda estamos muito aquém do que é feito na China. Os atendimentos de MTC no Brasil são feitos quase que em sua maioria em consultórios particulares, ao contrário do que ocorre em seu país de origem. São poucos os hospitais e serviços de saúde público que oferecem tais possibilidades, mas as iniciativas já ocorrem de forma tímida pelo SUS. Outro ponto a se destacar é que a fitoterapia chinesa está em processo embrionário em nosso país, existem algumas farmácias especializadas em fitoterapia chinesa, mas ainda são poucas, o que vem crescendo são os medicamentos industrializados, também chamados de preparados ou “patenteados”, que apresentam componentes e dosagem fixa, sem a possibilidade de alteração ou adequação mais específica a cada paciente. Assim, aqui em nosso país, técnicas da medicina externa como acupuntura-moxabustão, massagem/manipulações e exercícios terapêuticos, que representam 20% dos tratamentos na China, se popularizaram e estão sendo disseminadas em grande escala, compondo a grande maioria do rol de terapias nos atendimentos.

Dr. Fernando Davino na inauguração da clínica de MTC em Ouro Preto – MG: GUO YI TANG SPA

Em minhas consultas no Brasil, atendo em consultório particular diferente do que fazia na China, contudo aplicando os conhecimentos milenares da MTC aprendidos na Universidade de Medicina Tradicional Chinesa de Pequim – BUCM e na Academia de Ciências Médicas da China – CACMS, locais onde fiz meu bacharelado e mestrado, além da prática clínica nos hospitais, clínicas e espaços de saúde que tive a oportunidade de aperfeiçoar-me. Alio ao conhecimento milenar da MTC aos conhecimentos modernos da MMO, assim trago para meu paciente o que há de mais moderno em tratamentos e pesquisas, aliado a uma base teórica tradicional e suas técnicas milenares, com intuito de trazer saúde e bem estar.

Sala de atendimento 01 do GUO YI TANG SPA

ENTENDA O NOSSO FUNCIONAMENTO

  • Agendamento: O Dr. Fernando Davino realiza atendimentos de Medicina Tradicional Chinesa em duas localidades: 
  1. Ouro Preto – MG: Rua Alvarenga, 39. Bairro Rosário. (segunda, terça, quinta e sexta-feira de 8:00 às 18:00)
  2. Belo Horizonte – MG: Rua Padre Rolim, 133. Barro Santa Efigênia. Edifício Milenium. 5andar, sala 503. (quarta-feira de 8:00 às 18:00)

Agende sua avaliação pelos telefones:

(31) 3551-3571 (Secretária Eletrônica)

(31) 98856-3571 (WhatsApp)

  • Avaliações: para iniciar um tratamento é necessário realizar uma avaliação. É neste momento onde iremos coletar todas as informações e queixas. Após meticulosa avaliação determinaremos o plano de tratamento. Exames de imagem ou laboratoriais são exames complementares úteis nesta avaliação.
  • Etapas: Após extensa anamnese e exame físico, faremos a diferenciação de síndromes e método de tratamento.
  • Preparo e orientação:

 Para avaliação e atendimentos, você deverá utilizar roupas leves e confortáveis e que preferencialmente não sejam justas ou apertadas.

√ Evite fumar, beber café e praticar exercícios físicos intensos até 2h antes do atendimento.

 Após a realização da avaliação prosseguiremos com o primeiro atendimento.

 Esta primeira consulta, que inclui a avaliação e um atendimento, dura em média 1h30min a 2h.

 As demais sessões duram de 45 minutos a 1hora.

  • Os atendimentos: 

 São realizados todos individualmente em salas climatizadas e confortáveis.

√ As agulhas são todas descartáveis e não reutilizáveis.

√ Mesmo sendo extremamente finas e que a inserção da agulha não seja de grande desconforto, oferecemos a nossos pacientes a opção de realizar tratamentos sem agulhas com o uso de Laseracupuntura, Eletroacupuntura de superfície e pontos auriculares também sem agulhas.

√ Informamos que não trabalhamos com planos/convênios de saúde. 

√ Fornecemos documentação necessária para quem tiver a opção de reembolso pelo plano de saúde.

Profissional qualificado pela Beijing University of Chinese Medicine (BUCM)
Consultório licenciado e dentro dos padrões exigidos pelo ANVISA
  • Texto revisado pelo Dr. Paulo Eduardo Ramos (UNIFESP)

Facebooktwitterlinkedinmail

Comentário (2)

  • Thiago| 19 de agosto de 2019

    Após recomendações de familiares, comecei a consultar com o Dr. Fernando Davino a alguns meses e fiquei fascinado com os resultados que medicina tradicional chinesa trouxe para mim. A abordagem feita me passou não só uma sensação de bem estar mas uma melhora real em minha vida como um todo! O nível de envolvimento do médico com o paciente foi, como minuciosamente descrito acima, capaz de mudar completamente como interpretar sinais do meu corpo e me atentar mais a minha saúde física e emocional. Recomendo fortemente que quem tiver interesse, que realize pelo menos uma consulta com um médico chinês para experimentar essa técnica fascinante de tratamento.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *